PARA FALAR CONOSCO

Entre em contato pelos emails:

mariasdeoliveira@hotmail.com
mariasantosdeoliveira13@gmail.com
marsan_oliveira@yahoo.com.br

Será um prazer atende-los.

sábado, 14 de abril de 2012

LIÇÃO 3 - ADOLESCENTES


 MINHA MISSÃO NO MUNDO



VAMOS CONVERSAR SOBRE EVANGELISMO

Objetivo
Conscientizar-se da responsabilidade que todos nós, como Igreja de Cristo, temos de evangelizar; Despertando-lhes o desejo de praticar essa missão.

 Para refletir
“Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria e até aos confins da terra.”(At 1:8 – ARC).
 Para os cristãos, proclamar a Boa Nova da ressurreição de Cristo não é falar de uma doutrina que deve ser decorada ou de qualquer aspecto sapiencial para ser meditado. Acima de qualquer outra coisa, evangelizar significa ser testemunha de uma transformação que ocorre dentro do ser humano: pelo sacrificio vicário e a ressurreição de Cristo.
Evangelizar não significa portanto, simplesmente falar de Jesus a alguém, mas, a um nível muito mais profundo, fazer com que essa pessoa perceba o valor que tem para Deus. Evangelizar é comunicar estas palavras de Deus

 Texto Bíblico: Ez. 3:16-21.

Introdução
Os discípulos foram convidados por Jesus para segui-lo, e todos que estavam atentos à evangelização de Jesus, aprenderam o que dizer e como dizer, pois eles testemunharam tudo o que Jesus fez e ensinou.
"E Jesus, andando ao longo do mar da Galiléia, viu dois irmãos: Simão, chamado Pedro, e seu irmão André, os quais lançavam a rede ao mar, porque eram pescadores. Disse-lhes: Vinde após mim, e eu vos farei pescadores de homens. Eles, pois, deixando imediatamente as redes, o seguiram"(Mt. 4:18-20).

Nós também fomos convidados por Jesus no momento em que ouvimos pela primeira vez à pregação do Evangelho, e começamos a segui-lo no momento em que nos convertemos. Agora, nós devemos continuar a ouvi-lo, estudando a Bíblia para que possamos também, quando estivermos prontos, sermos enviados pelo Senhor para anunciarmos as Boas Novas do Reino dos Céus.


O que é Evangelizar?
Evangelizar, é quando sem reservas, decidimos dar o testemunho, comunicando e expressando - de forma organizada e equilibrada, as Boas-novas. A vida eterna. A vida do Deus Eterno!

Dar testemunho ou testemunhar é se expressar não somente com palavras, mas principalmente com atitudes. Com ações... Não é impor e sim expor. Pois, "alguns abandonaram essas coisas e se perderam em discusões inúteis" (1Tm 1.6).
Quando nos posicionamos e decidimos comunicar, não significa que devemos sair por aí - despejando palavras em cima das pessoas. Reagindo em confronto com a opinião alheia, ganhando bate-boca e muito menos representando quem, e o que não somos. Comunicar é envolver-se e andar junto, é levar vida às pessoas, é criar relacionamentos.

Outro fator importante e indispensável nesta operação, é que, antes mesmo de falar - é preciso saber ouvir. A Palavra de Deus não nos leva a rivalidade e a debates, e sim ao amor (1Tm 1.5). Ao serviço...


Em nossos dias, a igreja tem usado de diversos meios para falar ao mundo sobre o reino dos céus, mas não da forma utilizada por Jesus. Se desejarmos ver a genuína conversão de outras pessoas, devemos seguir o exemplo de nosso Senhor:
"Porque eu vos dei exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também” (Jo 13:15), “Porque eu não falei por mim mesmo; mas o Pai, que me enviou, esse me deu mandamento quanto ao que dizer e como falar" (Jo 12:49).

A forma da evangelização Bíblica é simples, para que todos os servos do Senhor possam participar, pois no tempo de Jesus não havia carro de som, gráfica para  imprimir folhetos, emissoras de rádio, televisão e etc. É permitido por Deus usarmos esses meios, mas não ficarmos dependentes deles, ou até mesmo acreditarmos que sem eles não há evangelização.  
Nós somos a principal ferramenta que Deus quer usar na sua obra de evangelização.


Razões para Evangelizar
A Bíblia nos mostra,  razões fortíssimas que pode convencer e conscientizar a Igreja para obedecer o IDE do Senhor Jesus. De modo que, todos se envolvam no trabalho evangelístico.

  1. Porque este foi o grande propósito da vinda do senhor jesus aqui na terra e também deve ser da sua igreja
    Os evangelhos mostram enfaticamente o grande propósito do Senhor Jesus aqui na Terra. Esse propósito podemos entender no evangelho de (Luc. 4.17-21). Jesus revela após ter lido o livro do profeta Isaias, a todos os que estavam na sinagoga, ser ele (Messias) para começar o grande trabalho de evangelização. Os versículos (18 e 19) defini para melhor entender-mos o trabalho que lhe foi confiado:

  1. Evangelizar os pobres (são todos os que sentem a necessidade de ouvir a boa notícia do Reino do Senhor Jesus. Mt. 4.23-25).

  1. Apregoar liberdade aos cativos (disse Jesus para a mulher adultera: “... vai, e não peques mais”. Jo 8.11).

  1. Dar vista aos cegos (são os que estão sendo enganados nas religiões vãs. Jesus revelou ser ele a luz do mundo. Quem o seguisse não andaria em trevas, mas teria a luz da vida. Jo 8.12).  

  1. Por em liberdade os oprimidos (Jesus declarou que era necessário libertar uma mulher que há dezoito anos, Satanás lhe oprimia com uma enfermidade. Lc. 13.10-17).

  1. Anunciar o ano aceitável do Senhor (é o hoje. Disse Jesus para Zaqueu: “... Hoje, veio salvação a esta casa”. Lc. 19.9).

O seu propósito revelou o estado espiritual do homem que estava sem Deus. Este também era o nosso estado, antes de ter recebido o Senhor Jesus. Porém, agora salvos, pois fomos alcançados por esse tão grande propósito do Senhor, sendo assim, este também deve ser o grande propósito da Igreja, pois recebemos da mesma unção do Espírito Santo para dar continuidade a esta obra (2 Cor. 1.21, 22; Atos 1.8).


  1. Porque é um cargo que foi confiado a igreja
A palavra Igreja significa: “um grupo de pessoas chamadas para fora do mundo espiritual e não físico”. Cada cristão forma a igreja, uma vez que ele esta em Cristo nova criatura é, com isso, o mesmo recebe automaticamente o ministério  da reconciliação. Tudo isso provém de Deus que nos reconciliou consigo mesmo por Jesus Cristo, e nos confiou a palavra da reconciliação, de sorte que, todo crente em Jesus é um embaixador da sua palavra (2 Cor. 5.17-20). Por isso devemos evangelizar pregando a mensagem do seu reino, por que somos representantes do Senhor aqui na Terra.


  1. Porque é um mandamento de ordem imperativa do senhor jesus com visão crescente do seu reino no mundo
Conforme Mateus cap. 28.19;20; Marcos 16.15 e Atos 1.1-8. O Senhor Jesus, após a ressurreição e antes sua subida ao céu, reuniu seus discípulos e por espaço de aproximadamente quarenta dias os ensinava e dava mandamentos a cerca de muitas coisas. E dando ênfase a obra evangelística, ordenou imperativamente que todos seus discípulos pregassem o evangelho e fizessem discípulos de todos os povos.

Pois somente a observância com dedicação deste mandamento é que irá, implicar a implantação do reino do Senhor sobre todos os povos da Terra.

Portanto, se somos de fato, servos do Senhor, iremos obedecer esta ordem com grande satisfação, como querendo agradá-lo.

Assim como os discípulos dos primeiros séculos, que obedeceram esta ordem com grande dedicação. De modo que, fizeram discípulos em: Jerusalém, Judéia, Samaria e até onde puderam chegar naquela época. Agora a responsabilidade é passada para igreja desse século, de dar continuidade a obra evangelística, até os confins da Terra. Então obedecemos enquanto é dia, pois a noite vem quando ninguém mais pode trabalhar.

  1. Porque é um dever de todo cristão
     A divulgação do evangelho torna-se um dever para a vida do crente, quando o mesmo conscientiza-se por quais foram os motivos que Cristo lhe salvou. Sendo um deles a de ser sua testemunha. Todo crente salvo é verdadeiramente uma testemunha de Jesus, visto que, já foi transformado pelo seu poder e também já presenciou grandes obras. Por este motivo é que Jesus nos ordenou como dever para pregar o evangelho (At. 1.8).
  Exemplo de um cristão cumpridor do seu dever, é o apostolo Paulo escrevendo aos (1 Cor. 9.16, 17), faz uma declaração acerca do seu dever.“Pois me é imposta essa obrigação. Ai de mim se não anunciar o evangelho.” E ainda em (2 Tim. 4.1, 2)
 Encontramos o mesmo apostolo, agora admoestando o seu filho na fé Timóteo, acerca também do seu dever de crente, que é de pregar a palavra. Contudo, não quer dizer que o cristão  deva pregar a palavra constrangido ou forçado, mas por se tratar de uma testemunha viva do Senhor Jesus. E ainda, o mesmo deve pregar a palavra de boa vontade, pois só assim receberá galardão conforme (1 Cor. 9.17). 

  1. Porque o senhor jesus já nos capacitou espiritualmente para evangelizar, quando nos revestiu da sua autoridade e nos batizou com o seu Espírito Santo

Disse-lhe Jesus:Eu vos dei autoridade para pisar serpentes e escorpiões, e toda a força do inimigo, e nada vos fará dano algum”. (Lc. 10.19).

Esta autoridade diz respeito ao poder que o Senhor Jesus nos deu no mundo espiritual, para expulsa os demônios que estão oprimindo as pessoas para desfazer qualquer tipo de obra maligna, para curar os doentes e enfermos de ordem benigna ou maligna (Mar. 16.18). Cujo propósito é de colocá-las em liberdade espiritual, afim de que, conheçam o grande amor e poder de Deus (Jesus) através da igreja. Porém, este fato, ocorrerá quando adquirirmos conhecimento espiritual de que ao passarmos pelo processo do novo nascimento, nos tornamos novas criaturas em Cristo. Com isso, fomos nomeados embaixadores do seu reino no mundo espiritual para dar continuidade ao trabalho do ministério da reconciliação do mundo perdido com Deus, (2 Cor. 5.17). Agora, portanto a igreja do Senhor Jesus deve se portar exercendo a verdadeira função de embaixador do seu reino, pois o próprio Deus nos fez assentar nas regiões celestiais em Cristo para exercer tal autoridade. (Ef. 2.5-7). 

Conclusão
Evangelizar não é uma opção. O próprio Senhor Jesus nos comissionou e disse: IDE (Mt 28:19 e 20 e Mc 16:15)

Precisamos então conhecer as razões, onde e o que fazer para cumprir este mandamento tão precioso da parte daquele que nos tirou das trevas para Sua Maravilhosa Luz.
Nosso compromisso é o de anunciar as Boas Novas e nos alegraremos ao ver que os frutos virão pelo germinar desta semente nos corações que, certamente, serão trabalhados pelo Espírito Santo.


FONTE: Portal Escola Dominical – Profª. Jaciara da Silva

Nenhum comentário: