PARA FALAR CONOSCO

Entre em contato pelos emails:

mariasdeoliveira@hotmail.com
mariasantosdeoliveira13@gmail.com
marsan_oliveira@yahoo.com.br

Será um prazer atende-los.

sábado, 4 de agosto de 2012

TEMA VIVENDO EM FAMÍLIA


LIÇÃO 5 – VIVER É FACIL, DIFICIL É CONVIVER


Objetivo
Professor (a) ministre sua aula de forma que possa conduzir o aluno a:
Respeitar a privacidade individual de cada pessoa, aprendendo a                              valorizar o convívio familiar.


Para refletir
“Segui a paz com todos e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor.”  (Hb. 12:14 – ARC)

Um relacionamento correto com Deus através da santificação, faz com que possamos nos relacionarmos melhor com nosso próximo.

Texto Bíblico: Gn. 37.1-36; 2 Re. 5.1-19.

Introdução
Devemos estar alertas espiritualmente, contra os seus ataques de satanás, através de orações e luta espiritual contra o diabo, que esta querendo roubar a coroa da vida eterna dos que estão vivenciando uma verdadeira vida cristã na presença de Deus, e o maior perigo de nossos dias é a falta de união.

O adolescente pode e deve influenciar os que o cercam
Poderíamos falar sobre a necessidade de seguir a paz com todos. E segundo as palavras de Jesus no seu sermão da montanha, ninguém pode ser um pacificador à menos que seja antes alguém humilde, (completamente vazio de si mesmo, vazio de justiça própria, que não busca os seus interesses, mas sim o interesse dos outros, humilde).

Ninguém pode promover a paz por meio de propósito egoísta.
Ninguém pode ser um pacificador à menos que antes derrame as suas lágrimas ao contemplar com profundidade da decadência moral e espiritual que ele mesmo, juntamente com todas as nações se encontra.

Ninguém pode promover a paz sem ter fome e sede de justiça Divina.
Ninguém pode promover a paz sem praticar a misericórdia. É necessário muitas vezes perdoar os que nos tem ofendido, perdoar os nossos devedores.
Ninguém pode promover a paz sem possuir um coração reto e limpo, diante dos homens e diante de Deus.

O adolescente também é parte do Corpo de Cristo, e deve conscientizar-se de que como Tal, deve sentir amor pelos que estão sem Cristo, principalmente se for um familiar.
Aquele que segue a paz é aquele que renuncia a tudo na vida, afim, de seguir a Jesus. Enquanto há vida, há esperança de tomar pela graça de Deus tal atitude. Ele, e somente Ele é a nossa paz. “Eu vos deixo a paz, a minha paz  vos dou, não vo-la dou como o mundo a dá, não se turbe o vosso coração, nem se atemorize?”(Jo.14.27).

“Justificado, pela fé em Cristo, temos paz com Deus”.(Rm.5.1)
É exatamente isto que a humanidade precisa. Nunca haverá paz entre os homens, enquanto houver inimizade entre os homens e Deus.

Segui a paz com todos.
Segui os passos de Jesus, e ir chamando outros à fazerem a mesma coisa. Convidando a todos para a festa, para as bodas do Senhor. Jesus vem, aleluia!!!
Quando olhamos para a paz por este prisma, entendemos que tem tudo haver com santificação, pois ninguém poderá segui-la, sem um caráter transformado.

Segui...  a santificação, sem a qual ninguém verá ao Senhor.
A Santificação é a identidade do verdadeiro Cristão.
Santificação. É um mandamento de Deus.
Santificação. É o dever de todo Homem.

Santificação - É o privilegio e o alvo do Cristão.
Santificação. É um mandamento de Deus. (Hb.12.14).
Espera-se que aquele que nos faz uma exigência, tenha em si mesmo a qualidade exigida.
Imaginemos que um alcoólatra diga ao filho. Filho, você não pode beber! Ora, que valor terão tais palavras?
Imaginemos que um pai diga ao filho. Filho, respeite a mamãe! Mas o pai não dá exemplo. Tais palavras tenham algum efeito?

Deus exige, segui a santificação sem a qual ninguém verá a minha face.
Eu não posso exigir que você seja santo, eu não sou a pessoa qualificada há fazer isto, eu não tenho as credenciais necessárias, eu sou apenas mais um entre milhares de pecadores.
É Deus quem exige, Ele é a pessoa mais que adequada há fazer isso.

“Santo, Santo, Santo é o SENHOR dos exércitos, toda a terra está cheia da sua glória”.(Is.6:3).
Deus é por necessidade e por essência, Santo.
O seu próprio Ser é a única fonte e padrão do bem, portanto, eticamente o que Ele quiser é justo e reto. Não há padrão para Deus, Ele por si é o padrão do que é reto.
Deus não se encontra debaixo de uma lei de santidade, Ele por si mesmo é a lei de santidade.
Deus é tão puro de olhos que não pode ver o mal. Não pode vê-lo sem aversão, repulsa, e abominação.

Ninguém que carrega o fardo do pecado sobre seus ombros verá a face de Deus na glória eterna. Precisamos fazer como O Peregrino do livro de John Bunyan, lançar o fardo dos nossos pecados sobre a cruz de Cristo e viver pela fé no Filho de Deus.

Você alimenta a esperança de ver a face de Deus?
Este é o mandamento e o conselho gracioso de Deus.
Sede santos, porque eu sou santo.   (I Pe.1:16).

Santificação. É o dever de todo Homem. (Hb.12.14).
Os pecadores podem ser divididos em dois grandes grupos. Aqueles que admitem o seu próprio pecado, e aqueles que não admitem. Dentre aqueles que admitem serem pecadores, podemos ver dois outros grupos. Aqueles que toma uma atitude com relação a isto, e aqueles que nada fazem a respeito. ( Mike Renihan)

O homem sensato e humilde é aquele que entende ser pecador,  que entende que está ofendendo a santidade de Deus todas as vezes que peca, ele odeia o pecado porque Deus o odeia, e ele o confessa e o abandona.

Se alguém não deseja agora, ser santo em todo modo de viver, por qual razão desejaria ser, no grande dia do Senhor? E se deseja estar no céu precisa viver em união, ou acha que haverá repartições no céu para colocar aqueles com quem você não se “dá”?

Oh!Quão bom e quão suave e que os irmãos vivam em União!
A união e agradável e preciosa. A igreja de Cristo não deve ter nenhuma barreira de nacionalidade, raça, cor, nível de educação, idade, aparência, inteligência ou posição social. Como vemos, a igreja e composta de diversos tipos de pessoas, e muitas vezes, quando as diferenças são levadas em conta, a união é rompida.

A união faz da igreja um exemplo para o mundo.Procure reduzir os conflitos,e aumentar a harmonia.Procure desfazer “muros de separação”,e construir “pontes de união.
Infelizmente, existem pessoas que causam desunião por assuntos sem importância,e que adoram depreciar, ridicularizar e desacreditar os outros.
Existem também aqueles que se incomodam com o sucesso alheio.
Mas na igreja de Cristo não deve ter nenhuma desunião, temos que estar unidos numa só fé, num só amor.
Jesus e o nosso alvo,e um dia estaremos todos juntos.Cristão,lembre-se que a nossa luta não e contra nossos irmãos,mas contra o diabo e suas potestades. Não podemos esquecer disso

.”Aquele que aborrece a seu irmão e homicida”(1 Jo. 3:15;4:8,20).
“Ainda que eu falasse a língua dos anjos, e não tivesse amor,NADA SERIA;e ainda que a minha fé remova montanha e estremeça templos,se eu não souber amar,NADA SEREI(1Cor.13:1,2).
Amados,devemos viver EM PAZ UNS COM OS OUTROS, apesar de nossas diferenças.Paremos de olhar falha nos outros,e olhemos para as virtudes.
Concentremos-nos, naquilo que nos une!
Quando começar a ver defeito em todo lugar, e a ver maldade em tudo e em todos, peça ao Senhor para criar em ti um coração puro, e remover este mal de seu coração, e volte a concentrar-se em sua vida.

O pior defeito é concentrar-se na falha dos outros.
Eu possamos viver em harmonia, pois a diferença não e tão importante quanto o nosso compromisso com Aquele a quem servimos.

“Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros”.(Jo.13:35)
Mas é condicional, "se vos amardes".Se não se amam, não são discípulos.

"Quem comigo não junta espalha" (Mt.12:30)

E o que espalha é o que se subdivide, o que prolifera, o que desune.
Seremos de Cristo verdadeiramente se nos juntarmos, se não espalharmos, se não provermos a desunião, a descrediblidade, se não praticarmos a intolerância, se não nos separarmos.

"Que todos seja um. Como tu, Pai, estás em mim e eu em ti, que eles estejam em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste” (Jo 17:21).

Conclusão 
Então, as palavras estão dadas, a iniciativa da união deve partir de todos os que lêem e que ouvem e se atentam para esta necessidade.
Os que não ouvem esta voz e que insistem em promover a divisão , a desunião, o ataque e a ofensa às demais pessoas que confessam Jesus Cristo a partir de suas realidades, não são discípulos, espalham, e promovem , não a crença em Jesus , mas a descrença. Os fatos falam por si. E então, de que lado você está?



fONTE:Portal Escola Dominical – Profª. Jaciara da Silva 


Nenhum comentário: