PARA FALAR CONOSCO

Entre em contato pelos emails:

mariasdeoliveira@hotmail.com
mariasantosdeoliveira13@gmail.com
marsan_oliveira@yahoo.com.br

Será um prazer atende-los.

sábado, 12 de maio de 2012

LIÇÃO 7


 MINHA FAMILIA UM CAMPO MISSIONARIO

Objetivo
Professor (a) ministre sua aula de forma que possa conduzir o aluno a:
Identificar a sua responsabilidade na família, e o dever de anunciar o Evangelho para que todos venham a conhecer a Deus.


Para refletir
“Mas, se alguém não tem cuidado dos seus e principalmente dos da sua família, negou a fé e é pior do que o infiel.”(1 Tm 5:8 – ARC).

Segundo o apostolo Paulo, não devemos negligenciar nossa responsabilidade quanto aos nossos familiares, isso em todos os aspectos, principalmente no tocante à fé, à salvação de suas almas.


Texto Bíblico: Js 24:15.

Introdução
A Bíblia, como padrão divino para a família, atribui ao marido o dever de amar a esposa e a missão de construir um lar feliz. E também aos filhos o dever de obedecer e honrar aos pais.
Dentro desse padrão, todos têm responsabilidade para o bem estar familiar, e a salvação é uma dessas responsabilidades.
Devemos conduzir nossos familiares à Cristo.


Evangelizando nossa Família
Conselhos para Evangelizar a Nossa Família:
Em Marcos 16:15, Jesus Cristo dá a grande missão de ir por todo o mundo pregar as boas novas da salvação. Milhões aceitarão essa tarefa e estão trabalhando para levar o evangelho de Cristo por quase todo o mundo.

Porém a grande missão de levar o evangelho não é somente evangelizar pessoas em comunidades longes, inclui também em compartir a Cristo com nossa família e amizades próximas. Ainda sabendo disso, existe um número surpreendente de cristãos que jamais ou quase nunca falam de Cristo a sua família ou Conhecidos.

Vários cristãos têm o bom desejo de falar de Cristo a família, porém por diversas razões não fazem. Algumas destas razões são em não querer ofender as crenças e tradições da família, e crê que o evangelismo é reservado só para pessoas com amplos conhecimentos teológicos e ele não sabem como começar o processo de evangelizar alguém. Em outros casos se há deixado de falar de Cristo porque talvez a família tenha sido relutante a querer ouvir de Deus e inclusive até tem caçoado do Evangelho.

Para aquelas pessoas que se intimidam de falar de Cristo ou ainda sintam-se frustrados a evangelizar a família, lhe apresentamos conselhos práticos que lhe ajudaram a evangelizar aos seus queridos:


Guarde seu Testemunho
Um dos fatores mais importantes ao evangelizar outros é nosso testemunho, é viver aquilo que pregamos. Em 2 Corintios 5:17 A Bíblia nos diz que " se alguém está em Cristo as coisas velhas se passaram e todas são feitas novas". As pessoas ao seu redor, ainda que não falem, estão observando que em verdade houve uma mudança em sua vida. É importante o poder refletir em nossa maneira de falar, pensar, atuar e viver, que cremos em um Deus vivo que tem o poder de mudar a pessoa.

Ao não cuidar de nossas vidas, um cristão pode se converter em um impedimento para que outros conheçam a Cristo. Em 1 Corintios 15:34 o Apóstolo Paulo nos diz que devemos cuidar e não pecar porque alguns ainda não conhecem a Deus. Se você segue vivendo uma vida que reflete uma imagem do mundo e não a de Cristo, então dificilmente sua família vai crer em Deus. Seguramente pensaram que o evangelho é simplesmente outra religião a mais criada por homens, que promete muito, porém oferece poucas evidências do divino. Por isso guarde bem seu testemunho, demonstre uma maneira diferente de viver, você é um testemunho vivo, do poder transformador que há em Cristo Jesus!


Seja uma pessoa de oração
Ser uma pessoa de oração é essencial ao evangelizar. É por meio da oração que podemos pedir a Deus que nos dê graça e sabedoria para comunicar a nossa família a Palavra de Deus. A Bíblia nos diz em Tiago 1:5 "Se algum de vocês tem falta de sabedoria, peça a Deus, que a todos dá livremente, de boa vontade, e lhe será concedida” para que não tenha temor de falar de Cristo, ore. Deus escutará sua oração e lhe dará as palavras apropriadas para evangelizar.

Ao mesmo tempo é importante orar pelas pessoas que vamos evangelizar. Ore para que Deus venha repreender toda barreira que impeça que a pessoa receba a Palavra de Deus. Em Efésios 1:16,17 e Colossenses 1:9, Paulo ora para que as pessoas sejam cheias de sabedoria de Deus para que possam entender o propósito do Espírito de Deus para suas vidas. Da mesma maneira podemos orar para que Deus venha encher a nossos entes queridos de uma sabedoria celestial, que venha a fortalecer o plano de Graça e Salvação que Deus oferece a cada individuo.


Use a Bíblia
Se pode evangelizar usando diferentes ferramentas como, por exemplo: testemunhos, pregações, cantos, porém não há nada mais poderoso que a Bíblia. Como cristãos sabemos que a Bíblia é poderosa porque foi inspirada por Deus e é uma fonte inesgotável de informação. A Bíblia contém 31.103 versículo de onde podemos tirar lições, promessas, histórias, ensinamentos, parábolas, profecias e muito mais. Em 2 Timóteo 3:16, somos motivados a usar a Bíblia, pois ela é" a escritura inspirada por Deus útil para ensinar, para repreender, para corrigir, para instruir em justiça".Por isso não duvide em usar a Bíblia para evangelizar e assim poder apresentar verdades bíblicas que serviram para explicar o Evangelho a sua família.

A Bíblia é poderosa porque é uma palavra viva. Hebreus 4:12 nos diz que " A palavra de Deus é viva e eficaz, e mais cortante que toda espada de dois fios, e penetra até partir a alma e o espírito, juntas e medula, e julga os pensamentos e intenções do coração." Ao usar a Bíblia você estará usando uma ferramenta poderosa que pode transformar os corações e a mente das pessoas a respeito de Jesus Cristo.


Comparta as Boas Novas
Em ocasiões, pessoas de bom coração evangelizam de maneira tão errada que podem por a família em defensiva. Ao fazer charcotas das crenças tradicionais, tratar as pessoas de ignorantes ou condená-los ao inferno podem ser pedras de tropeço para que sua família receba a Cristo. Sua família vai se sentir ofendida e seguramente não vão querer que você siga evangelizando.

É importante notar que João 3:17 nos diz que "Deus não enviou a seu filho ao mundo para condena-lo mas para que o mundo seja salvo por ele". Isto quer dizer que nós não deveríamos enfocar em condenar as pessoas, mas sim em pregar uma mensagem de Salvação. Isto se confirma em Isaías 52:7 onde a Bíblia declara “formoso são os pés dos que anunciam a Paz e leva as boas novas de Salvação" Ao evangelizar trate de não ofender, mas sim enfatizar as boas novas que Deus oferece em Cristo Jesus como redentor e mediador entre Deus e a humanidade.


Mantenha o Contato
É comum que quando uma pessoa se converte a Cristo, pouco a pouco se vai afastando de sua família e amizades que não são crentes. Às vezes se perde o contato porque a família e os amigos se recusam a escutar de Cristo. Em outros casos se deixa de reunir com pessoas não crentes, porque pensa que o Cristão não se pode associar-se com pessoas não crentes. Como base para este argumento usam 2 Corintios 6:14 onde diz que não devemos nos unir com incrédulos porque não há comunhão entre a luz e as trevas. É importante notar nesse texto, que Paulo não indica que não possamos nos aproximar das pessoas incrédulas para evangelizá-las, mas sim explica com detalhes em 2 Corintios 5 que não devemos unirmos-nos com pessoas para cometer pecado e adorar a outros Deuses.

Se o Cristão evita o contato com pessoas que não são crentes, então quem lhes pregará a Cristo? A Bíblia nos chama, a que não nos escondamos do mundo, em Mateus 5:14,15 nos diz que o crente é "Uma luz para o mundo. Uma cidade no alto de uma colina que não pode esconder-se. Não se acende uma lâmpada para cobri-la com um caixote, Ao contrário, se coloca ela em um lugar alto , para que ilumine a todos que estão na casa”. Deus deu o privilégio ao Cristão de compartir a luz do evangelho ao mundo cheio de trevas. Por isso, não perca o contato com sua família, aproveite o tempo para evangelizar e ser de benção.


Não Perca a Fé
O desânimo e falta de fé são uma ferramentas que Satanás usa para que não se pregue a família. Quando a família está relutante a escutar de Cristo muitas vezes Satanás usa isto para convencer o Cristão que tem que dar-se por vencido, já que a família nunca chegará aos pés de Cristo. Satanás faz isso porque sabe que para ser efetivos ao evangelizar, há que ter fé.

Em Atos 16:31 a Bíblia nos diz " Crer no Senhor Jesus Cristo, e será salvo, tú e a tua casa". Esta é uma promessa de devemos crer e ter a fé que o plano de salvação pode alcançar mesmo as pessoas mais relutantes. É por meio de nossa fé em Cristo que podemos vencer todos os incomodo que o inimigo coloca em nosso caminho ao querer evangelizar (I João 5:4). Por isso não se dê por vencido, tenha fé que Deus vai recompensar seus esforços e sua família também virão os pés de Cristo. Lembre-se que para aquele que Crê tudo é possível ( Marcos 9:23)


Conclusão
Esperamos que estes conselhos lhe motivem e ajudem para evangelizar aos seus entes queridos. Estamos seguros que se você se põe nas mãos de Deus, Ele lhe usará para que sua família possa em um futuro próximo receber a Cristo em seus corações.

 Portal Escola Dominical – Profª. Jaciara da Silva

Dinâmica:                

Anunciando!

Objetivo: Refletir de que forma assimilamos e propagamos a Palavra de Deus.

Material: 01 bola pequena de isopor, 01 giz, 01 esponja e 01 vasilha com água.

Desenvolvimento:

- Apresentem a água (dentro da vasilha) e falem que ela representa a Palavra de Deus. Os demais objetos representam as pessoas.
- Depois, coloquem a bola de isopor dentro da água.
-  Depois o giz.
- Em seguida, coloquem a esponja.
- Perguntem: O que vimos? O que aconteceu com cada objeto? Quais deles absorveram água?
Aguardem as respostas.
- Podemos ser comparados a que tipo de objetos?
Como estamos agindo ao partilhar o evangelho ou o ensino da Palavra de Deus?
A bola de isopor que não absorveu a água?
O giz que absorveu água, mas não compartilha com ninguém?
A esponja que absorve, também libera água e continua com água?
- Para concluir, falem da importância do ensino da Palavra de Deus no lar e a evangelização para os familiares ainda não alcançados pelo evangelho.
Ideia original da dinâmica: desconhecida.


Nenhum comentário: